Salvador Martinha: Tens juízo? Então tá-se bem!